Brasília “alivia” para os estados em crise. É o mínimo.

A Câmara dos Deputados aprovou na tarde desta terça-feira (20), por 296 votos a 12 e três abstenções, o projeto que renegocia dívidas dos estados e do Distrito Federal com a União.
A proposta aprovada aumenta em até 20 anos o prazo para o pagamento de dívidas as UF com a União. Para Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul e Minas Gerais, que enfrentam crises mais severas, o texto permite que o pagamento das dívidas seja suspenso por até três anos.

O que ninguém fala, é que os estados que estão em crise são justamente os que mais produzem riquezas e, por consequência, os mais sugados por Brasília.
A centralização de poder e recursos na capital federal é um dos pontos que mais atrasam o Brasil, pois trata-se de um buraco negro que suga a maior parte dos nossos impostos que se perdem na corrupção astronômica do nosso país.

Flexibilizar o pagamento dessas dívidas, que não deveriam nem existir, é o mínimo que a usurpadora Brasília pode fazer.

É urgente rever o pacto federativo.

1 Comment on Brasília “alivia” para os estados em crise. É o mínimo.

  1. The Stand was inlbcdiree, and The Dead Zone was prolly my favorite, but do we have to read one more book in which a famous author is the main character? Seriously? Is there no one else about whom he could write?

Leave a Reply

Your email address will not be published.




}