Universidade Federal terá oficina de “pixo”


00

A UFPR Litoral, em Matinhos-PR, resolveu reagir – ou fazer birra – por causa da repercussão do vídeo que mostra o campus todo pichado e vandalizado. Farão em seu festival de inverno uma oficina do que chamam de “pixo/arte” para ensinar um pouco mais de vandalismo e doutrinação ideológica de ideologia genocida aos seus alunos. Lindo né?

Diante da polêmica que causou indignação na população que paga impostos exorbitantes e vê a diretoria da universidade defendendo a depredação, fica a seguinte questão: pichação é crime, e isso é indefensável. Todavia, quem ainda assim quer defender a nojeira produzida lá dentro, diz que fui ofensivo ao escrachar a exposição de “artes” que tinha um papelão rabiscado “mulher o sangue que escorre da minha bu…” (órgão sexual feminino).

Diante disso vos digo: é a mesma coisa o que está na tal exposição e o vandalismo no restante do campus. Tal conceito sobre o que é arte é exatamente isso. É o feio, é o tosco, é o panfletarismo puro da ideologia do fracasso. É baixo astral, é inveja, ressentimento, carência. É o rebelde sem causa da chamada “burguesia “- ou classe média –  à qual abertamente declaram ódio. Todos esses, filhos do marxismo, acreditaram e acreditam ter o monopólio da moral (mesmo tendo matado mais de 100 milhões de pessoas) e uma fé cega em seus líderes e propagadores, certamente para compensar o vazio do distanciamento de Deus enquanto atacam a cultura e os valores de sua própria nação como traidores danados.

Arte tem que ter algo de divino, de sublime e de capricho, sobretudo. Pode-se fazer obras fantásticas em forma de contestação. O Rock é justamente isso! De Led Zeppelin e Beatles a Stravinsky e Villa-Lobos. Mas “pixo” é mais bárbaro  do que qualquer pintura rupestre. Essa gente regrediu a um estágio anterior às cavernas.

Não irei me estender no tema, depois posto mais coisas sobre arte e estou à disposição para o debate. Teria o maior prazer de voltar à UFPR Litoral para conversar com professores e alunos. Desejo-lhes juízo nessa festa.

Mss o mais triste é UFPR defender o vandalismo como o PT defende o ditador da Venezuela.

Be the first to comment

Leave a Reply

Your email address will not be published.




}
AllAccessDisabledAll access to this object has been disabledE912067A89C6A70398A/VmUDFaqx/cnWuNB6D48V8RTjW9+77p6pWul5mh4SQFy2vpFsp73V7jK8fj0gaKYLEDhnt5U=